ALTERAÇÕES NA MINHA RURAL WILLYS 4x2 1968

O objetivo desta pagina é mostrar as alterações feitas na minha caminhonete Rural Willys procurando melhorar a segurança, desempenho e confiabilidade do veiculo mantendo sempre que possível as caracteristicas originais. Devemos lembrar que a Rural foi projetado como um conjunto equilibrado e qualquer alteração errada pode causar problemas como quebras de componentes, instabilidade e problemas de desempenho.

IGNIÇÃO- A ignição da minha Rural com distribuidor Wapsa nunca apresentou problema e sempre se mostrou confiável. Troquei a bobina e o rotor uma vez e costumo trocar o platinado periodicamente (ex: a cada 3 anos) como medida preventiva. Já troquei a tampa do distribuidor duas vezes devido ao desgaste do contato escova central de carbono. Instalei em 1998 um módulo de ignição eletrônica com o objetivo de aumentar a vida do platinado e melhorar o desempenho do motor. Este módulo com carcaça em aluminio e quatro fios (ligações para terra, positivo, platinado e bobina) é muito fácil de instalar (ver foto abaixo) ver esquema de instalação. O resultado imediato foi uma melhora na partida do motor que pega melhor. A marcha lenta ficou mais estável e o motor não falha em qualquer rotação. As faiscas agora pulam uma distância enorme e ficou mais perigoso levar choque se encostar a mão nos cabos com o motor ligado. Este módulo de ignição eletrônica diminui a corrente elétrica no platinado e aumenta a vida útil dos contatos. Troquei tambem os cabos de vela instalando cabos pretos do tipo supressivo (marca Marilia) para diminuir a interferência no radio AM/FM que era um problema crônico. Os cabos novos resolveram totalmente o problema de ruido no radio AM e me surpreenderam com o bom resultado. Quase instalei um módulo de multiplas faiscas importado dos EUA marca MSD mas as opções de modelos eram muitas e não consegui decidir qual seria o melhor para o motor da minha Rural. As velas tem boa coloração e nunca sujam e nunca causam problemas.

Foto acima do modulo de ignição eletrônica fixado na chapa lateral direita do motor (ver esquema de instalação)

CARBURAÇÃO - Recentemente (12/2000) troquei o giglê principal do carburador substituindo o original #25 por um orificio um pouco maior #26 com o objetivo de enriquecer a mistura de combustivel para diminuir o problema de bater pino. Aparentemente agora o motor bate menos pino e tem mais força quando se exige aceleração. Instalei dois filtros modernos de gasolina do tipo plástico com elemento de papel na mangueira antes da bomba de gasolina e resolvi o problema de sugeira entupindo o giglê do carburador. Antes o meu motor simplesmente não tinha filtro de gasolina e era comum entupir o orificio do giglê fazendo o motor funcionar apenas em marcha lenta e falhando nas rotações mais altas.

AMORTEÇEDOR DE DIREÇÃO - Instalei um amorteçedor de direçaõ para melhorar a resposta da direção e aumentar a segurança. O resultado foi uma direção mais firme que desvia menos e transmite menos impactos da estrada para o volante. O esforço para girar o volante aumentou um pouco mas ficou muito melhor de dirigir. Fiz um teste usando dois amortecedores mas a direção ficou um pouco pessado e poderia forçar a caixa de direção. Com o amortecedor de direção a sensação ao girar o volante parece um carro com direção hidraulica que tem uma certa progresividade no esforço conforma a velocidade que você gira o volante. Uma extremidade do amortecedor é fixado à longarina (furo já existente) com parafuo atraves de um suporte de chapa dobrada; a outra ponta é fixado à barra de ligação das rodas atraves de um suporte fixado com dois parafusos em "U". Eu vendo um kit especial de ferragens para instalação fácil deste amortecdor na Rural.

Ponto vermelho indica amortecedor de direção. Ponto verde indica cunha de aço entre eixo e feixo de molas.

ANGULO DE CASTER - Para melhorar a direção instalei cunhas especiais de aço entre o eixo dianteiro e o feixe de molas para aumentar o angulo de caster das rodas dianteiras (ver foto acima). O aumento do angulo de caster melhora a tendência da Rural manter uma trajetória reta na estrada e a direção fica mais firme. Ao instalar cunhas ou laminas de mola adicionais é importante tambem instalar parafusos maiores no centro do feixe de molas para evitar que o eixo dianteiro deslize sobre a fixação no feixe de molas. O aumento do angulo de caster torna a direção um pouco mais pessado em curvas fechadas e em manobras com o carro parado. As dicas de alteração do caster foram obtidos na internet de Jipes americanos marca Scout International que tem o mesmo problema.

JUMELOS - Troquei os jumelos originais da suspensão por jumelos 25mm maiores (95mm no lugar de 70mm original). Estes jumelos maiores foram fabricados por mim especialmente para usar buchas de poliuretano na Rural e possuem pinos graxeiros para lubrificar. Os novos jumelos aumentararm a altura da Rural em aproximadamente 12mm e funcionam muito bem. A troca de jumelos implicou na necessidade de trocar os amortecedores. Atras foram instalados amortecedores do caminhão MB-608 (mercedinho) porem com novas buchas de borracha no mesmo diâmetro dos parafusos de fixação da Rural. Na frente instalei os amortecedores originais traseiros da Rural. Com estes novos amortecedores evito problemas de atingir o fim de curso dos amortecedores comprimidos ou extendidos. Inicialmente eu lubrificava as buchas dos jumelos com óleo de silicone mas agora uso graxa de litio comum através de uma bomba de graxa. Recentemente (01/2000) desmontei os buchas/jumelos com aprox. 5.000 km e estavam praticamente novos. A deformação das buchas de poliuretano foi mínimo. O resultado dos novos jumelos e buchas é muito bom com uma suspensão macia porem firme e sem folgas ou barulhos. Neste site voce encontra estes jumelos para venda.

. Jumelo traseiro reforçado, 95mm entre centro dos parafusos e com pinos graxeiros.

BUCHAS DE POLIURETANO - As buchas de jumelo originais em borracha duravam pouco e sempre desconfiava deles quando tinha problemas como folga de direção ou ruidos de suspensão. Instalei buchas novas em poliuretano amarelo quando troquei os jumelos. Já rodei aproximadamente 7000km com as novas buchas de poliuretano e o resultado é muito bom. A suspensão é confortavel, firme e sem folga. Para diminuir o ruido/barulho as buchas são lubrificadas com graxa automotiva através dos pinos graxeiros nos parafusos dos jumelos. A graxa passa por um furo pequeno até o centro do parafuso onde sai por um orificio e lubrifica o contato dos parafusos com as buchas de poliuretano.

APARA-BARRO - Instalei apara-barros especiais de borracha fabricados sob medida atras dos quatro pneus para proteger a parte de baixo da carroceria e manter a Rural mais limpa. O resultado é ótimo e a parte de baixo fica livre de barro e muito mais fácil de lavar. Ajuda a evitar ferrugem na carroceria (fotos em breve). A instalação de aparra barro na Rural é fácil usando suportes de fixação especiais que aproveitam parafusos já existentes no veiculo sem alterar a sua originalidade. Os aparrabarros ainda evitam que os pneus lameiros joguem pedras retidas nos sulcos sobre os outros veículos em alta velocidade aumentando assim a segurança. Algumas pedras pequenas ficam retidas no sulco do pneu e só soltam quando o veículo atinge uma alta velocidade podendo causar serios estragos porque quando a pedra solta o barulho parece um tiro de revolver. (Nota: em alguns paises como Portugal o aparrabarro é item de serie em todos os carros e possivelmente é obrigatório).

LANTERNAS TRASEIRAS - Instalei lanternas traseiras e luzes de freio adicionais porque as lanternas vermelhas originais são pouco confiáveis devido a idade do veículo. Para não afetar a originalidade do veículo as lanternas foram instaladas por dentro do vidro traseiro (tipo brake light, porem um de cada lado).

PROLONGADOR ESCAPAMENTO - Um pequeno prolongador cromado (ponteira) foi instalado no cano de escapamento para evitar que os gases atinjam a carroceria ou o parachoque traseiro. Isto ajuda evitar ferrugem na parte traseira da Rural, evita a entrada de gases toxicos dentro do veiculo através da porta traseira, e melhora a aparência. (PERIGO: A entrada de gases do escapamento (monoxido de carbono etc...) no interior do veiculo com as janelas fechadas é ou dentro de uma garagem fechada é extremamente perigoso. Os sintomas ao dirigir podem incluir sensação de tontura, dor no peito e desmaio/morte. Portanto, mantenho seu sistema de escapamento em ordem e sem vazamentos e abra imediatamente as janelas e pare o veiculo se sentir estes sintomas ou cheiro de gases de escapamento. Os veículos com parte traseira reto tipo a Rural provocam um vácuo atras que causa a entrada dos gases. Nunca ligue o motor em garagem ou fechado).

RADIO AM/FM/OC - O radio original da minha Rural era um modelo Blaupunkt AM/OC com botões para seleção de faixa e um único alto falante em baixo do painel. Este radio foi roubado na decada de 80 então instalei um radio usado Bosch AM/FM/OC stereo por volta de 1986. Recentemente (1998) instalei alto falantes coaxiais Selenium de 4 polegadas nas portas dianteiras e alto falantes de 6 polegadas + tweeter nos paineis laterais traseiros com bom resultado. Para instalar os alto falantes montei paineis laterais novos em material eucatex com nova foração de acabamento. Os alto falantes são protegidos com um filme plástico por cima para evitar a água que desce das janelas. Nas portas dianteiras existe um espaço vazio perfeito na lataria para instalar alto falantes de 4 polegadas (ver foto abaixo) . Para quem quer instalar um som de alta qualidade a Rural oferece espaço de sobra para caixas de sub-woofer e amplificadores. O uso de cabos de vela resistivos/supresivos elimina 99% o ruido da ignição no sistema de radio e é altamante recomendável e fácil de instalar.

Detalhe da posição do alto falante de 4 polegadas na porta dianteira da Rural.

CHAVE GERAL - Instalei em baixo do painel uma chave geral que liga o fio terra da bateria ao chassi. Esta chave desliga todo o sistema elétrico em caso de emergências como curtos circuitos e evita a descarga acidental da bateria com o veiculo estacionado. Esta chave tambem permite desligar facilmente a bateria para fazer manutenção no sistema elétrico com segurança. Nota: Nunca deslique o fio terra da bateria com o motor funcionando porque irá queimar o alternador ou regulador de voltagem (Já fiz isto $$$$!). A Rural possui alguns fusiveis nos fios em baixo de painel mas até hoje nunca queimei um fuzivel. Os circuitos elétricos (chicote elétrico e fiação) da Rural são pouco protegidos por fuzivel e um curto circuito pode incendiar o veiculo. Um fio em curto circuito esquenta em poucos segundos derretendo o plástico isolante e ficando incandescente até se romper liberando muita fumaça e provocando um principio de incêndio. Uma chave geral de fácil acesso pode ajudar nestas situações...

ALERTA FAROL - Instalei um módulo eletrônico chamado Alerta Farol que me avisa se esqueço os farois ou lanternas ligados. Se eu desligo o motor com lanternas ou farol ligado ele emite um alarme (beep) para avisar. Evita descarregar a bateria por esquecimento.

SINALIZAÇÃO REFLETIVA - Na parte traseira instalei adesivos de material refletivo vermelho que é usado para fazer placas de sinalização de transito (marca 3M e similares). Este material é excelente e aumenta a segurança da Rural a noite permitindo que seja visto de longe por outros veiculos com farol. Tambem uso a placa dianteira e traseira do tipo refletivo cinza. Você pode tambem usar o novo material refletivo vermelho e branco que hoje é obrigatório nos caminhões e vendido nas lojas de caminhões e acessórios na estrada.

PNEUS RADIAIS- Os pneus originais de fabrica na minha Rural 4x2 eram medida 7.10-15 do tipo liso ou convencional para asfalto. Hoje (07/2001) uso pneus radiais medida 215/80-R15 nas quatro rodas sendo dois pneus Michelin XPC-4x4 e dois Pirelli Scorpion ST. A Rural é mais confortável e a direção é bem mais firme com os pneus radiais comparado aos pneus convencionais lisos. O meu estepe é um pneu original 7.10-15 Firestone Cidade Campo novo e que não existe mais no mercado. Um outro pneu disponivel no mercado que pode ser testado na Rural é o pneu Argentino Fate-O lameiro medida 7.00-15 (diâmetro 760mm). O eixo traseiro não permite pneus muito largos sem levantar a suspensão e carroceria porque raspam na carroceria. Pneus maiores podem forçar a caixa de direção, pontas de eixo, diferencial, eixo traseiro e freios portanto devem ser evitados exageros. Na minha Rural 4x2 o pneu Firestone liso 7.10-15 "campeão supremo" teve um péssimo comportamento no eixo dianteiro durante muitos anos tornando a direção instavel e muito sensivel a defeitos e ondulações na estrada.

DEGRAU ESTRIBO - Instalei um par de degraus tipo estribo nas duas portas para facilitar o acesso ao banco dianteiro. Os degraus em aço são fixados nas longarinas do chassi com um sistema bem bolado sem fazer furos ou soldas. Este degrau ainda ajuda na hora de limpar e secar a capota da Rural. Se voce quer adquirir um par destes degraus veja mais ou solicite informações para o webmaster.

Estribo com degrau para melhor o acesso.

TAPETES- Instalei tapetes de tecido cortados sob medida no assoalho da Rural para diminuir o ruido e isolar melhor o calor do motor e escapamento. Mantenho os tapetes originais de borracha por baixo. Em baixo do tapete dianteiro de borracha na parede corta fogo existe uma camada grossa de tecido isolante tipo feltro que era original de fábrica e que eu já troquei uma vez. A colocação de bastante tapetes na Rural ajuda muito a diminuir o barulho e calor do motor e transmissão.

ENGATE REBOQUE - Tenho uma bola de engate para reboque que é fixado na parte traseira das longarinas aproveitando furos já existentes. O reboque não altera muito o comportamento da Rural na estrada.

CAIXAS PLÁSTICAS - Uso duas caixas plásticas grandes para guardar e organizar peças e ferramentas no porta malas. Para carregar fluidos como óleos e material de limpeza eu uso uma caixa plástica fechada para evitar vazamentos dentro da Rural. Sempre tenho na Rural um jogo completo de peças de reposição para reparos na estrada. Carrego sempre um bom jogo de ferramentas com chaves em polegada. Em breve vou incluir aqui uma sugestão de lista de peças de reposição e ferrramentas.

RACK - Tenho um par de racks reforçados marca Long Life para até 200kg que eram usados para carregar um windcar (carro a vela) em cima da Rural. Estou desenvolvendo um bagageiro especial para minha Rural.

BANCOS DIANTEIROS - Em 07/2001 instalei um par de bancos dianteiros de um carro importado marca Renault R-19 4 portas com resultado excepcional. Os novos bancos (adquiridos usados por R$250,00) tem regulagem de inclinação, posição, altura, e suporte lombar o que permite achar uma melhor posição de dirigir. Tambem absorve melhor as trepidações do asfalto e não deixa o motoirista e passageiro balançar de um lado para outro. Os bancos tem uma ótima espuma apoiado sobre pequenas. molas horizontais. Para instalar estes bancos eu fiz um suporte especial de aço (sub chassi) com pintura eletrostático para fixar o conjunto de dois bancos no assoalho (caixa de ferramentas) da Rural. O tecido e espumas destes bancos abafam melhor o barulho interno do veículo. O banco é tão confortável que eu pensei por um momento de distração estar dirigindo meu outro carro e procurei a palanca de mudança de marchas no assoalho o que não existe na minha Rural! Um bom par de bancos é um dos melhores investimentos que você pode fazer na sua Rural porque vai proporcionar conforto e relaxamento de carro novo em longas viagens.


PEÇAS DE REPOSIÇÃO RECOMENDADOS - Mangueira superior e inferior do radiador com braçadeiras, mangueira de óleo curta e longa, mangueira de bomba de gasolina, kit reparo bomba de gasolina, platinado, rotor, tampa do distribuidor, condensador, bobina de ignição, vela, lampada lanternas dianteiras, lampada lanterna traseira, camara de ar , correia do alternados, jogo de escovas e rolamentos para alternador, regulador de voltagem, relé do pisca, jogo de juntas do carburador, kit reparo cilindro mestre do freio, coxim do motor, cabo da embreagem, rolamentos roda dianteira (2), rolamento roda traseira (1), variedade de pinos trava, relé da buzina, palheta do limpador, papelão para fazer junta, rolo de arame fino e médio, rolo de fita isolante, rolo de fita tipo Duct Tape prata, rolo de fio elétrico flexível, fuzíveis, massa durepoxi de cura rápida, tubo de cola silicone, parafusos e porcas diversos com rosca fina e grossa em polegadas, 500ml fluido de freio, 5 litros água, 2 litros de óleo motor, 1 litro de óleo diferencial GL-5.

Outras peças opcionais para expedições: bomba d'água completo ou somente reparo, alternador completo, jogo de juntas do motor, junta do diferencial, retentores e vedações do diferencial, cruzeta do cardan, cruzeta eixo dianteiro (4x4), grampo de fixação cruzeta (2x), kit reparo cilindros de freio dianteiro e traseiro, 1 mangueira de freio dianteiro e traseiro, carburador completo revisado, lamina mola mestre traseiro, disco e rolamento embreagem, jogo aneis sincronizadores 1a, 2a, 3a,4a, retentores caixa e diferencial, jogo de bronzinas da biela, jogo de juntas do motor, motor do limpador completo, válvula termostática, Manual do Mecânico Willys, lubrificantes para uma troca completa de óleos. Após uma criteriosa avaliação do veículo e a distância e região a ser percorido você poderá eliminar alguns itens desnecessários para diminuir o peso e custos. Para viagens de longa duração dentro do Brasil você deve levar o telefone das lojas que podem enviar peças via SEDEX para qualquer localidade. Com o novo (01/2001) sistema de exportação simplificado pelos correios você poderá receber peças tambem no exterior.

VOLTA PAGINA MINHA RURAL

Webmaster


Atualizado: 27 Agosto 2002